Capa: Sónia de Sá, Ricardo Morais, Francisco Merino,  Gisela Gonçalves e J. Paulo Serra (Orgs.) (2021) Televisão e Novos Meios: da produção aos públicos. Communication  +  Philosophy  +  Humanities. .
Televisão e Novos Meios: da produção aos públicos

by Sónia de Sá, Ricardo Morais, Francisco Merino, Gisela Gonçalves e J. Paulo Serra (Orgs.)

Collection: LabCom Books
Year of edition: 2021
ISBN: 978-989-654-726-4


Download PDF - 7387 KB


Synopsis

Estaremos a assistir ao fim da televisão? Ou estará este meio a integrar outros meios, tornando-se numa espécie de hipertelevisão? É uma televisão que sobrevive ou que se renova? Que agrega ou que fragmenta? Estas são algumas das questões que colocámos na terceira edição da Conferência Televisão e Novos Meios, na Faculdade de Artes e Letras da Universidade da Beira Interior, que resulta agora neste conjunto de 17 textos que refletem as reconfigurações da televisão e das suas recentes extensões, adaptações e linguagens (parte 1) o protagonismo da ficção televisiva espalhada por um número crescente de plataformas (parte 2), a necessária reinvenção do jornalismo televisivo ante um expressivo consumo de notícias – em texto e em audiovisual – nas plataformas móveis (parte 3) e a emergência, discussão e relevância do género no contexto televisivo, desde o lugar de fala, o corpo, o feminismo, a cultura drag, até à representação da violência doméstica (parte 4).


Index

Introdução - 9
Sónia de Sá e Gisela Gonçalves

Parte 1 — Reconfiguração - 15

As (re)configurações da televisão: contributos para uma cartografia da televisão - 17
Manuel José Damásio

A TV-fluxo e os cibermundos sobre marcas e ecrãs-de-streaming - 39
Herlander Elias

O Youtube e o fenómeno da hipertelevisão: o caso da Eurovisão - 49
Pedro Damasceno Ribeiro Matos Lopes

Design: o novo [multi]meio - 79
Daniel Morais Baldaia & Ana Luísa Simal Rodrigues Teixeira

Parte 2 — Ficção - 105

De CSI a Devs: a ficção televisiva, os cineastas migrantes e o intemporal clássico - 107
Luís Nogueira & Sónia de Sá 

Mosaic e Bandersnatch: os novos caminhos da ficção interativa na televisão - 129
Francisco Merino 

Geração Z e as redes sociais digitais no arco narrativo de Euphoria - 149
Lívia Glória, Mateus Fonseca, Louise Souza & Sónia de Sá

Televisão versus Netflix: a manutenção das narrativas do gênero ficcional - 169
Claudinei Lopes Junior

Parte 3 — Jornalismo - 195

A Grande Reportagem Televisiva nos três canais generalistas: tendências, estruturas e modelos de produção jornalística entre 2008 e 2018 - 197
Joana Gonçalves & Ricardo Morais 

A resposta do jornalismo televisivo às Fake News sobre a tragédia de Brumadinho (MG) - 229
Tâmela Grafolin 

O jornalismo televisivo e as notícias dos telejornais – ética, responsabilidade e convergência mediática - 229
Nuno Goulart Brandão 

Produção de flagrantes na cobertura de risco: profissionalização do jornalismo no Brasil, divisão moral do trabalho e o papel do jornalista “amador” - 249
Aline Grupillo

A seleção de notícias da TVI na era da abundância informativa — os critérios que definem o agendamento do Jornal das 8 - 275
Maria Inês Valente

Parte 4 — Género - 293

Comentário em Portugal: um arquétipo da desigualdade de género - 295
Sónia de Sá

Tita entre capitais: corpo, exílio e travesti - 311
A.C. Nicolau

Novas mídias digitais e feminismo: entre a internet e a televisão - 337
Julia Lourenço Costa & Paula Camila Mesti

Da chamada televisiva ao lixamento virtual: a culpabilização da vítima nos casos de violência doméstica - 353
Haphisa Kashemyra Costa Souza Mugnaini

Super Queen: a popularização da cultura drag no mercado mainstream através de RuPaul’s Drag Race - 369
Henrique Barum

Support:
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
União Europeia
Quadro de Referência Estratégico Nacional
Programa Operacional Factores de Competitividade
Universidade da Beira Interior
2021  ©  Communication & Arts